Ao serviço da paz

Rezemos juntos para que a linguagem do coração e do diálogo prevaleça sempre sobre a linguagem das armas.

Papa Francisco – Novembro 2018

Todos queremos a paz. É uma aspiração profunda, sobretudo daqueles que sofrem pela ausência de paz.
Podemos falar com palavras esplêndidas, mas, se em nosso coração não há paz, não haverá no mundo.
Com zero violência e cem por cento de ternura , construamos a paz evangélica que não exclui ninguém.
Rezemos juntos para que a linguagem do coração e do diálogo prevaleça sempre sobre a linguagem das armas.

adminAo serviço da paz